20 de janeiro de 2017

Dollar Street...ou como vivem 240 famílias em 45 países

FireShot Pro Screen Capture

Dollar Street é mais um excelente recurso da orgnização Gapminder, para usar a propósito do tema do desenvolvimento ou da diversidade cultural.

19 de janeiro de 2017

Paisagens corrompidas



"Beautiful yet terrifying, Edward Burtynsky’s aerial photography is a reminder of just how much human activity has affected the planet – as industry and agriculture leave indelible scars everywhere" The Guardian

16 de janeiro de 2017

Didática do mapa topográfico


Scouterlife é um sítio com diversas dicas úteis para os escuteiros, onde podemos encontrar uma sugestão para explicar o que é um mapa topográfico aos alunos, recorrendo ao que está ...mais à mão.

Mapas interativos em segundos

video

MapInSeconds.com é um sítio onde poderá fazer mapas instantâneos a partir de informação em ficheiros MS Excel. Basta copiar os dados e ....já está. Poderá personalizar o mapa com a paleta de cores que melhor considerar e descarregar em ficheiro de imagem (png) ou MS Powerpoint.
E que tal convidar os alunos a utilizar?

Himalaias


13 de janeiro de 2017

9 de janeiro de 2017

Que cidade dos EUA está em frente a Lisboa?


Não, não é New York. Devemos ter em consideração que o planeta é esférico....
Para saber mais, consultar o artigo "Ever sat on a beach and wondered what’s across the ocean? It may not be what you think", aqui.

7 de dezembro de 2016

Mapas que nos mostram quem somos


Uma interessante conferência (TED Talk) por Danny Dorling, um especialista inglês em Geografia Social, sobre o que nos revelam os mapas.

5 de dezembro de 2016

Grandes infraestruturas nos EUA

Maiores aeroportos e rotas aéreas


Um artigo do Washington Post com um conjunto de mapas e outra informação relevante sobre a rede de infraestruturas nos EUA, aqui.

8 de fevereiro de 2016

6 de fevereiro de 2016

A desflorestação da Amazónia antes da chegada dos europeus

"During the twentieth century, Amazonia was widely regarded as relatively pristine nature, little impacted by human history. This view remains popular despite mounting evidence of substantial human influence over millennial scales across the region. Here, we review the evidence of an anthropogenic Amazonia in response to claims of sparse populations across broad portions of the region"
(Clement, DenevanHeckenbergerJunqueiraNeves, Woods, 2015)

Ler o artigo completo, publicado pela The Royal Society, aqui.

10 de dezembro de 2015

O fascínio das megacidades


O fotógrafo Vincent Laforet captou imagens de algumas megacidades a partir de cima. Saber mais, aqui.